Neuropsicologia, Reabilitação e Neuro-Bio-Vitalidade, Adultos e Idosos


Quais as condições pelas quais deve procurar a Humana Mente?



  • Problemas relacionados com o envelhecimento
  • Doença de Alzheimer
  • Doença de Parkinson
  • Dislexia
  • Traumatismo craniano-encefálico
  • Acidente vascular encefálico 
  • Esclerose múltipla 
  • Esclerose lateral amiotrófica
  • Epilepsia 
  • Tumores cerebrais 
  • Doença sistémica 
  • Transtorno de Défice de Atenção / Hiperatividade 
  • Doenças auto-imunes
  • Perturbações metabólicas
  • Outros distúrbios neurológicos e psicológicos suspeitos


A Humana Mente:

Executa planos neuropsicológicos de avaliação, diagnóstico e reabilitação, personalizados, para manutenção das aptidões cognitivas e psicomotoras, concentrados na linguagem, memória, funções executivas, autonomia, motricidade e equilíbrio emocional.

Apoio especializado em domicílio nas Demências (Doença de Alzheimer, Doença de Parkinson e outras patologias) e ainda nas perturbações depressivas, esquizofrenia e psicoses tardias, perturbações do humor, perturbações da ansiedade, transtornos somatoformes, perturbações por uso de substâncias e medicamentos.  



Nos idosos, a neuropsicologia clínica aplica a sua perícia na plasticidade neuronal e reorganização sináptica, na cognição (pensamento), na emoção e no comportamento, em pessoas com disfunção cerebral decorrente de várias condições médicas, psiquiátricas ou neurológicas. 

A Humana Mente ajuda a identificar estratégias que possam melhorar o desempenho e, consequentemente, a melhorar a qualidade de vida do paciente e da família. 

O seu médico faz a avaliação e prescreve. A Humana Mente faz tudo o resto.



A importância dos planos de actividades na idade avançada e nas demências:


uma pessoa adulta ou idosa que tenha sofrido uma disfunção cerebral, ou com demência, em particular com Alzheimer ou Parkinson, dependendo do estágio da doença, precisará da assistência da neuropsicologia para organizar e reabilitar a sua vida, tendo sempre em consideração a doença, a fase da doença e /ou as áreas do cérebro afectadas.

Esse plano engloba actividades de intervenção e de reabilitação neuropsicológica que podem impedir ou travar a progressão da doença ou reabilitar o paciente (caso a doença não seja neurodegenerativa).

Um Plano Diário que inclui tarefas planeadas e assistidas por esse cuidador, podem também aumentar o senso de dignidade e auto estima do paciente oferecendo significado ao seu dia-a-dia.

É possível avaliar os resultados?

É sempre possível avaliar os resultados através das avaliações neuropsicológicas.

As avaliações envolvem a observação de uma série de habilidades cerebrais que nos levam a concluir sobre o progresso da doença ou sobre o resultado do desenvolvimento e estimulação cognitiva. 



As avaliações também ajudam a resolver os seguintes problemas: 

Orientar o planeamento aos estudos académicos 

• Orientar o planeamento vocacional ou o regresso ao trabalho

• Realizar o "Planeamento Geral do Tratamento" 

• Ajudar a lidar com questões de recuperação de competências 

• Monitorizar uma determinada condição médica 

• Orientar a tomada de decisão diagnóstica 

• Auxiliar na determinação da deficiência 

• Reabilitar, através do treino cognitio e neurofisiológico a melhor condição possível para que a pessoa possa viver em equilíbrio. 

Reabilitação Neuropsicológica e Neuro-Bio-Vitalidade ©

Neuro-Bio-Vitalidade, Adultos e Idosos © 

Regeneração Mental 

A neuroplasticidade é uma das áreas mais importantes da Ciência, no momento.

É a descoberta de que o cérebro pode mudar para melhor, em qualquer idade, muito mais do que jamais imaginámos. Em conjugação com a Neuropsicologia e com a Terapia Ocupacional, ajudamos pessoas debilitadas ou não funcionais, a alcançarem um patamar de autonomia e funcionalidade antes não pensado.

A quem se destina: todas as pessoas acometidas por doença incapacitante, como: paralisia cerebral, AVC, Doença de Parkinson ou outras patologias degenerativas, fibromialgia, artrite reumatóide, entre outras.  

Um passo à frente na plasticidade cerebral



Está a acontecer neste momento uma revolução na área da plasticidade cerebral: a descoberta da notável capacidade do cérebro humano de se modificar e superar traumas ou danos que aconteceram por via de acidentes ou doenças.

A neuro-bio-vitalidade é útil para pessoas com problemas congénitos ou adquiridos (síndromes raros, paralisias, doenças auto-imunes, dificuldades de aprendizagem, hiperactividade, entre outras), ajudando-as as superarem os seus obstáculos e a alcançarem mais rapidamente os objectivos.

A neuro-bio-vitalidade é útil ainda para adultos e idosos, auxiliando a superar as limitações físicas e mentais e a alcançar novos níveis de desempenho.

Ajuda a superar antigos danos cerebrais e traumas e a atingir novos patamares de vitalidade, clareza mental, criatividade e força física, flexibilidade e coordenação.

Doenças como Parkinson, Esclerose Multipla, Alzheimer e outras, são trabalhadas com muito sucesso através da neuro-bio-vitalidade.

Sabia que...


- o nosso cérebro pode ajudar-nos a recuperar da dor, lesões e deficiências?

- o nosso cérebro pode manter a nossa vitalidade física por mais tempo?


- o nosso cérebro pode ajudar-nos nos processos de aprendizagem, mais do que jamais imaginámos ser possível?